Sensores de Temperatura

Controle e monitoramento de temperatura para processos industriais.

Sensores de temperatura tipo termopar, ou termorsistência, para leitura de tempera em processos industriais

Selecione um ou mais recursos para limitar a lista de produtos (ou combinações)

500Vrms entre saídas, 500Vrms entre saídas e comunicação, 500Vrms entre alimentação e comunicação

Selecione um ou mais recursos para limitar a lista de produtos (ou combinações)

Básico
Display
Display + Serial
Serial

Selecione um ou mais recursos para limitar a lista de produtos (ou combinações)

Fonte de Loop (a 2 fios): 7,5 a 36Vcc
Fonte externa: 24Vcc ±10%
Imagem do Produto Descrição Curta
Termopar tipo B
Recomendável em atmosferas oxidantes ou inertes. Não devem ser usados no vácuo, em atmosferas com vapores metálicos. Mais adequados para altas temperaturas que os tipos S/R. São vulneráveis a contaminação em atmosferas que não sejam oxidantes. Utilizar isoladores e tudos de proteção de alta alumina.
Termopar tipo E
Podem ser usados em atmosferas oxidantes e inertes. Em ambientes redutores ou vácuo perdem suas características termoelétricas. Adequado para uso em temperaturas abaixo de zero graus. Apresentam baixa estabilidade em atmosfera redutora.
Termopar tipo J
Podem ser usados em atmosferas oxidantes, redutoras, inertes e no vácuo. Não devem ser usados em atmosfera sulfurosa e não se recomenda o uso em temperaturas abaixo de zero graus. Apresenta baixo custo. O limite máximo de utilização em atmosfera oxidante é de 760°C devido à rápida oxidação do ferro. Necessário utilizar tubo de proteção acima de 480°C.
Termopar tipo K
Recomendável em atmosferas oxidantes ou inertes. Ocasionalmente, podem ser usados abaixo de zero graus. Não devem ser utilizados em atmosferas sulfurosas. Seu uso no vácuo é por curto período de tempo. É vulnerável em atmosfera sulfurosa e gases como SO2 e H2S1, requerendo substancial proteção quando utilizado nessas condições.
Termopar tipo N
Excelente resistência a oxidação até 1200°C. Curva FEM x temp. similar ao tipo K, porém possui menor potência termoelétrica. Apresenta maior estabilidade e menor drift x tempo. Apresenta melhor desempenho na forma de termopar de isolação mineral.
Termopar tipo R
Recomendável em atmosferas oxidantes ou inertes. Não devem ser usados abaixo de zero graus no vácuo, em atmosferas redutoras ou atmosferas com vapores metálicos. Apresenta boa precisão em temperaturas elevadas. É vulnerável a contaminação em atmosferas que não sejam oxidantes.Para altas temperaturas, utilizar isoladores e tubos de proteção de alta alumina.
Termopar tipo S
Recomendável em atmosferas oxidantes ou inertes. Não devem ser usados abaixo de zero graus no vácuo, em atmosferas redutoras ou atmosferas com vapores metálicos. Apresenta boa precisão em temperaturas elevadas. É vulnerável a contaminação em atmosferas que não sejam oxidantes. Para altas temperaturas, utilizar isoladores e tubos de proteção de alta alumina.
Termopar tipo T
Podem ser usados em atmosferas oxidantes, redutoras, inertes e no vácuo. Adequado para medições abaixo de zero graus. Apresenta boa precisão na sua faixa de utilização. Acima de 310ºC ocorre a oxidação do cobre.
Cabos de compensação e extensão
Comercializamos todos os tipos de fios e cabos de compensação, nas bitolas 8 , 14, 16 , 18, 20 , 24, 26 , 27, 30 E 32 AWG.
0